quinta-feira, 25 de junho de 2009

| vai saber... |


Às vezes é a orbita do tempo

a voz da intuição
que não deixa
Às vezes o vento leva
qualquer dia a qualquer hora
eu não vou saber
só vou sentir
Às vezes é o instante
a saudade
o tempo que ainda não passou
a voz que ainda não saiu

Às vezes não é nada disso!

8 comentários:

Diogo disse...

Às vezes é poesia chegando... E você (mais uma bisbilhoteira das minhas cartas pra Amélie), seja bem-vinda! Ficarei esperando o texto inspirado! Bj grande Clarinha (posso chamá-la assim?)

Lucimar Simon disse...

As vezes estou feliz, as vezes estou triste, as vezes sem dinheiro, as vezes sem paciencia e hoje sem inspiraçao, bem estava ate passar por aqui. As vezes eu passo por aqui, se tudo passa talvez vc tambem passe por e me fazer esquecer tudo que eu vi...

se tudo passa, as vezes eu passo por aqui pra ser feliz

Renato disse...

As vezes.... Vai saber o que tem dentro da gente que faz as vezes a gente se sentir assim.
Ou nada disso!

Lindo!

Bjos querida!

Valquíria Falcão disse...

E é justamente esse "as vezes" que noa mata, ele é igual o "se"...
Se eu fosse lá...
Se eu tivesse falado...
Se eu tivesse esperado...
Se eu tivesse ficado calada...
Bem fazer o que somos humanos e como tais sempre estamos nos perguntando o "se's" e "talvez'es" da vida...
Beijos e tenha um ótimo fim de semana.

Rafael R. Tavolaro disse...

E às vezes o não ser, simplesmente é...

Andréia M. G. disse...

"Às vezes" está entre o "sempre" e o "nunca". Meio termo, conforme o vento leva. :-)

ivone fonseca disse...

As vezes é mais q td isto..são nossos sonhos ou nossa intuição..
Me encanta vir aqui vc é barbara.

bj grd t+

Zeroglota disse...

As vezes, estou na estrada,ansioso pra chegar e ver o que meus
amigos postaram,
"Mas Sempre", gosto muito
dos seus texto e poesias, que mesmo
lendo atrasado,me deixa feliz por ver o quanto evolui,seu fã, Amigo que muito te ama.
Sidney