domingo, 28 de junho de 2009

| coisas de menos |



O telefone não toca
a boca fica seca
a mão descontrola
pele de seda

um passo dado
palavra que não sai
um amor alimentado
cuidado senão você cai

.

5 comentários:

Lucimar Simon disse...

Nao toca mesmo, queria saber quem é o dono de tanta sorte, e desperdiça ao léu?
mas como sempre somos assim, assim as vezes podemos, as vezes queremos, e as vezes nada, nada nos faz ser nada dentro do tudo, sabe quando sou tudo? quando passo por aqui. se eu morasse ai pertinho.. todo dia eu ia te ver rssrsrsrsrsr

beijocas no sorriso

Renato disse...

Ai como tem gente que num consegue enxergar bem e desperdiça a chance de ligar para uma pessoa tão maravilhosa assim?
Só não se preocupe pq se ele te deixar cair com certeza não é digno de um amor alimentado por vc.
Lindo!
Um bjão!

wallace disse...

... o telefone às vezes toca, o coração às vezes bate, o sorriso às vezes prenuncia. Um novo amor (sempre) faz bem à pele, aos poros, à alma. bjs

Mônica. disse...

Clarinha!

muito legal tua casinha de palavras! O importante nem é tocar o telefone...é tocar o coração!

beijão! :)

Zeroglota disse...

Lindo.curto e Clara,quero dizer claro.
beijos!

saudades de vc lá!