segunda-feira, 29 de junho de 2009

| um dia há |



Quero deitar...
Fechar os olhos e ir pra algum lugar sem volta
ser maior do que sou...
Conquistar terras do futuro amanhã...
madrugar quando o corpo ainda descansa
com brava esperança...
Andar pela tarde e cantarolar junto aos colibris
Agora tenho fome dessas imagens...
Perfumar com minha flor, semear sem nenhuma dor
Quero poder estar lá, apenas. Passar por essas etapas e
apenas comemorar/depois? planejar e sonhar e sonhar...
E... Viver, sem um dia pensar em perder.

.

8 comentários:

Leo Schabbach disse...

Gostei a mensagem do poema, e ficou muito bonito também. Continuo acompanhando por cá. E parece que, como você, tbm terei de cancelar a viagem para a FLIP, coisas importantes a fazer no sábado, hehe.

mateus rosa disse...

Que tal um lugar chamado "Terra do Nunca"?

Beijo!

ivone fonseca disse...

Robert Ordem afirmou que "há dois tipos de pessoas neste mundo: os realistas e os sonhadores, os realistas sabem onde quer chegar os sonhadores ja estiveram lá"
Eu acredito que vc reune fatalmente parte de cada um deles tudo que vc quer vc ja sonhou em ter (então ja teve), por isto a realidade em concretizar cada etapa e chegar ao objetivo faz de você uma grd vencedora antes mesmos de ter passado por todas as fases. E qdo fala em "Viver, sem um dia pensar em perder" é pq esta possibilidade realmente não combina com vc.. adora esta forma doce que tem de explanar os sentimentos tão forte tão verdadeiro tão presente..



Bj grd irmanzinha sucesso sempre pra ti.

Zeroglota disse...

Belo texto!
Parece em evidência a palavra querer!
E então realiso hj sonhos de ontem
quase sempre menos interesantes hj.
Pq hj tenho um novo sonho.
e amanha começa um novo ciclo.
Amei!
Beijosssssssssssss!

Zeroglota disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andréia M. G. disse...

Adorei, Clarinha!

Traduziu bem o que tenho sentido nos últimos tempos. Essa vontade de ser maior que sou tem tomado conta dos meus pensamentos. Queria muito viver sem pensar em perdas. Um dia eu conseguirei!

Bj

Lucimar Simon disse...

nos artistas e poetas temos este refugio pos nos temos varios tipos de mundo e todos nos aceitam bem ou mal.
quando sentir assim va para um mundo novo esqueça o atual e viva de sonhos alimente-os

beijos

Asas Flamejantes disse...

Belíssimo!