terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Permita-se

Aqui neste lugar. Aqui seja a onde for. Ninguém sabe pra onde ir. Isso nos deu o desfrute de sermos o que achamos ser. Não contei ainda as vezes que te vi se perder nas palavras. Traga pra cá tudo o que esconde. Tudo que te dá medo. Aqui o céu é azul azul azulzinho. Se sentes frio, aqui o sol aquece. A qualquer distância. Dê as mãos. Não sei, mas sinto. Talvez tenha me perdido nas palavras. Não importa. Venha.
.

3 comentários:

Dilberto L. Rosa disse...

Ah,agora entendi: quem não quer encontrar um lugar assim? Ainda mais a dois (dois pra lá, dois pra cá, com o céu azul, azulzinho por testemunha)... Abração e apareça!

.Daisy Serena. disse...

O melhor do céu não estar azul é quando alguém colore ele,rs.


A onde tá trabalhando agora, amore?
Aqui sem muitos acontecimentos, mas estão por vir,rs.

Te linkei lá no blog.
Também saudades!

Zeroglota disse...

Aqui neste lugar ninguém sabe pra onde ir.
Por isso sei guando aqui estou.
E aqui me encontro.
Aqui o q me aquece não é o sol
nem é o azul do céu,q me encanta
Seja onde for o aqui
è vc q encontro
Aqui a estrela é vc

Saudades

Beijos