quarta-feira, 26 de agosto de 2009

...

PALPITAÇÕES MATINAIS

Sabe aquele dia em que você salta da cama querendo algo de diferente na sua vida? Que você sente que terá uma noticia, ou que algo acontecerá? Então foi assim que acordei hoje, logo que ligo o computador encontro algo de especial e já se confirmam os primeiros sintomas das tendências ansiosas que apertavam num frenético êxtase, este peito que de tão agitado, sente a velocidade do coração disparar aparentemente sem motivos.

Procurar estas coisas será um exercício de momento, mas encontrar e acreditar num acontecimento real será uma coisa que devo fazer, mas como reconhecer estes sinais? Como compreender que o olhar foi todo para mim? Como saber que o sorriso foi o flerte do dia? Como saber que poderia entrar em outro ônibus ou táxi que não me levasse ao trabalho e sim para este mundo de fantasias? Bem vou saber disso tudo quando eu der o primeiro passo fora de casa, porque o que tinha que acontecer nesse espaço já aconteceu encontrei você sem sair do meu quarto.

São assim, foi assim e espero que inicie e termine assim as minhas PALPITAÇÕES MATINAIS.

Ps. “Neste texto existe um mistério que não seria mistério se não fosse algo misterioso e só quem ronda vários Castelos descobrirá. Então, visitem os Castelos dos nossos vizinhos e desvende este mistério AHAHAHAHAHAH”.

10 comentários:

Marcinha disse...

Bom dia Clarinha (09:49)

Consegui ser a primeira a comentar !!
Menina que acontece com esse coração tão agitado ???
Guarda segredos , qual é o mistério ??
Boa sorte na sua procura e nas suas escolhas para o dia de hoje...
beijos

Ana Paula disse...

Olha a minha irmã comentando.. srsrrsrsr

Flor, que angústia é essa ??? Parece-me comigo, sempre fico á espera de que algo possa acontecer, que os olhares se cruzem, que um novo mundo me transporte daqui !!

Adorei o texto...

Beijussss

Fanuel Ferreira disse...

ah que delicia essa palpitação matinal ^^

eu reconheço na hora, sempre acordo assim, e só pela expectativa ja fico melhor no dia rsrs

e vida louca... quantas coisas pra se viver né??

beijos clarinhaaaaa

a proposito, postei um novo poema no meu novo blog

beijos linda

Anônimo disse...

Bela,

Será o mesmo motivo da minha agitação noturna? rs.
É nem tudo que é misterioso aparece e nem tudo que é real vira mistério, vai da gente escolher de que lado quer ficar, aí pergunto: que lado quer, real ou mistério? Tenho quase certeza que ficaria com o mistério, pois tem toda a douçura da conquista.

ADOREI..!
MARAVILHOSAMENTE
Beijos
AMOnimo.

jorge vicente disse...

hum, mistério

e logo hoje que foi o meu dia não, minhas férias estão acabando e regressará o trabalho... xuif

mas estou iniciando nova série de poemas, menos formal e espero mais livre.

grande abraço
jorge

† Morgana † disse...

depois, dá uma passadinha no meu blog e diga o que achou *-*

Roberto Ney disse...

também tenho minhas palpitações matinais, hehe!

Sou apaixonado por palavras, poemas, crônicas, reflexivas ou desconexas, amoladas ou doces, enfim, gosto de ouvir as opiniões, de compartilhar das idéias... por isso fico tão feliz com os comentários no blog (:

mas as palavras ao pé do ouvido sempre serão bem vindas...

beijo grande e já sabe que a casa é sua...

Marcinha disse...

Olá Clarinha

Se puder passa pelo blogterapia tem um selinho especial para voçê !!!
beijos

ivone fonseca disse...

Eu adorei, adorei pq esta inquietação me garantiu um presente que ressucitou anos de nossas historias ressucitou até alguns vinis... O texto fantastico, alias.. os dois.


Bj linda

Mel disse...

Clarinha:) as saudades e falta que eu sentia de visitar você!! Quando bate palpitação não há mesmo nada a fazer que não seja esperar a vida trazer o que está para vir, coisa boa claro;) como você merece!!

Obrigada pelos comentários no blogue, adoro!!rs

Ando meio fugida, mas estou quase voltando;P