segunda-feira, 15 de junho de 2009

| with or without you |

"Eu espero por você / Num passe de mágica e num desvio de destino"

Foi assim. Numa noite conturbada. Música alta e muito líquido amarelo. O convite foi aceito num piscar de olhos. Todos ali. Ele, Ela, a fulana, o cicrano e o beltrano. Muita conversa. Muitas risadas. Eles ficaram ali. no meio do salão. Digo, no porão. Aquele velho músico. Com aquele velho repertório. Parecia tudo novo. Mas algo estava fora do lugar. Seria talvez a garrafa? "Há uma garrafa entre nós!" - ela exclama. Ele não acreditando no que ouviu. Mostra-lhe um sorriso. E foi no embalo de U2 que quase tudo acontceu. Agora, sem garrafas. E com muito carinho.

"Pela tempestade nós chegamos à orla"
.

3 comentários:

Eduardo disse...

História digna de livro de ficção hein?!?
Adorei a parte da garrafa! Rsrsrs.
Parabéns pelo texto. Beijinhos!

Lucimar Simon disse...

E onde foi para a garrafa? ainda tinha o liquido amarelo dentro? que coisa trocar a garrafa por beijos?
rssrsrsrsr

adorei, mas da proxima termine a bebida.,.....srarssrsrsr

beijos

Val Falcão disse...

Nossa quantas "velas" e "castiçais" num unico encontro hem...ótimo texto...beijos.