segunda-feira, 11 de maio de 2009

|| Uma noite assim ||

Foi ali... num bar
que matei um pouco da minha saudade
do papel passou aos olhos
ali... os olhos curiosos nos tomou conta.
"Oi... eu te conheço!"
foi dito.
Os olhos coloridos me fez lembrar
do que eu apenas lia.
Queria ter ficado mais
mas estava de partida.
Em cima da mesa
caderninho...
quero lê palavras suas.

Volta.
e até uma noite assim
colorida como Van Gogh.


PS: Homenagem à um blogueiro meio desligado e muito atento aos detalhes.
Que bom falar com você ao vivo, deixo guardado aqui.

6 comentários:

Paulo Roberto Wovst Leite disse...

Gosto disso, dessas formas, de seu modo de contar...
besos

Aline Lima disse...

Clarinha! Massa sua vizita: retorne sempre que quiser 'beibe'. tua casinha de palavras é muito muito boa tbm. beijim, Aline.

Zeroglota disse...

Sortudo este
blogueiro!
Achei delicioso,
como as cores de “Van Gogh!”
Apaixonante é esta maquininha de pensar!
Beijos!

Val Falcão disse...

Olá tudo bom??? Rodando por estes blogs descobri o seu, e nele um novo mundo de contos, textos e vidas...espero visita-lo mais vezes...

Regilene disse...

Oi Clarinha obrigada por suas visitas e desculpe a minha falta aqui, é que estou passando por um momento delicado, estou um pouco triste, logo que passar esta fase venho me atualizar e deixar minhas palavras...bjoss

Victor Canti disse...

fiquei surpreso e muito feliz com a homenagem, uma maneira bem poética de transmitir o momento...
foi bom falar com vc tb!!
a imagem ta perfeita, com o "colorido" que deve sempre haver.
grande beijo!!
até a próxima!!! ...