quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

| n.o f.u.n.d.o |

Tem dias que a gente acorda ...

GRITA/ CHORA/ ESPERNEIA

Meu brio está apagado.

O choro está seco.

Engasgado.

Grito um sorriso silencioso

TRÊMULA/ FRIA/ PÁLIDA

Mais um dia ...

Estática.


.

6 comentários:

mateus rosa disse...

Pois é... Cada dia que a gente se sente estranho... Sei lá viu!

(:

wallace disse...

Quando você foi abandonado
Atiraram pedras no seu coração
Você busca entender qual foi a razão
Mesmo que isso te faça sofrer
Um pouco de amor não é tão caro
Quanto o preço que se paga sem saber porque

Só o meu amor não foi o bastante
Só, eu estava só por tempo demais
E eu busquei por tudo que faltava
Quando tudo que faltava era só o seu amor

Cheguei a não querer ser encontrado
Por medo de passar por tudo outra vez
De que me adiantou sofrer calado
De que me adiantou perder a paz
A paz que veio num beijo molhado
Capaz de encontrar um homem só

Só o meu amor não foi o bastante
Só, eu estava só por tempo demais
E eu busquei por tudo que faltava
Quando tudo que faltava era só o seu amor

Pode ser uma questão de sorte
Você sobreviver depois de tudo o que passou

Nei Van Soria (Mundo Perfeito)

Paulo Roberto Wovst Leite disse...

Um dia qualquer, de um mês qualquer. Não dá nem pra comentar, é bem isso. As vezes rola aquela vontade de nem olhar pela janela.
besos

Renata Tacca disse...

Tem selinho pra você no meu blog!

Rafael Aleixo disse...

pra cima meninaaaa!!

Victor Canti disse...

dias assim tem me consumido ultimamente, mas sei q fazem parte dos ciclos, e nesta roda gigante temos que saber interpretar e vivenciar os momentos, pq eternos nunca serão, e se não estão bons é o indício q algo vai melhorar...
beijos